Fraldas reutilizáveis: os números

02-02-2022

Como pais de dois bebés que usam fraldas reutilizáveis, queremos partilhar convosco a nossa experiência neste mundo. Para nós sempre fez sentido utilizar fraldas reutilizáveis, mesmo antes da nossa Sofia nascer. Mas sabemos que nem sempre é assim. Ainda existem muitos preconceitos relativamente às fraldas reutilizáveis, embora se desvaneçam cada vez mais através da desmistificação de alguns mitos que "assombram" o mundo das fraldas reutilizáveis.

Sim, as fraldas reutilizáveis dão algum trabalho. Sim, por vezes é uma chatice ter de lavar fraldas. Sim, no inverno é uma tarefa hercúlea garantir que temos fraldas secas. Mas todos estes "problemas" são minimizados quando olhamos para os números de fraldas e toalhitas descartáveis que poupamos. É essa a nossa grande motivação: evitar a produção de lixo desnecessário e poupar recursos (gastos na produção das fraldas descartáveis, toalhitas descartáveis, embalagens e no seu transporte).

Feita a introdução ao tema, vamos aos números. Agora é que vai ficar interessante!

Têm noção de quantas fraldas descartáveis um bebé pode utilizar?

E se juntarmos as toalhitas à equação? Em nossa casa utilizamos toalhitas reutilizáveis. Antes da Sofia nascer ainda comprámos algumas, mas agora temos aproveitado t-shirts e camisolas velhas para fazer toalhitas.

Se contabilizarmos 4 toalhitas por cada muda de fralda, e mantivermos as 6 mudas de fralda por dia chegamos ao módico número de 8.760 toalhitas descartáveis por ano, que perfaz um total de 21.900 toalhitas descartáveis durante 2,5 anos, apenas para um bebé!

O número de toalhitas que aqui contabilizamos é bastante inferior ao que na realidade se gasta. As toalhitas são utilizadas para tudo: limpar as mãos, a boca, o nariz, nódoas da roupa, etc. E se estivermos perante um cocó explosivo, certamente que não gastamos apenas 4 toalhitas...

Para simplificarmos as contas, considerámos que em média 1 bebé utiliza cerca de 6 fraldas por dia.

Claro que há dias em que podem ser mais (vivam os cocós explosivos, as fugas de xixi, ou fraldas mal colocadas!), e outros em que podem ser menos.

Portanto, apenas um rabinho pode precisar de 2.190 fraldas descartáveis por ano, o que perfaz um total de 5.475 fraldas descartáveis durante 2,5 anos.

Mais uma vez, há bebés que desfraldam mais cedo, outros mais tarde. E ainda há as fraldas só para as sestas, ou só para a noite. Os 2,5 anos são um número médio apenas para os nossos cálculos.

Impressionante, não?

Vamos agora olhar para um número que é muitas vezes esquecido nestas contas: as embalagens. Quer as fraldas, quer as toalhitas vêm dentro de embalagens, normalmente de plástico. Essas embalagens são na maioria das vezes recicláveis, mas não deixam de consumir recursos a produzir, e quem nunca viu uma destas embalagens a voar pela rua fora ao sabor do vento? Infelizmente a sua reciclagem não é 100% garantida.

Mais uma vez, para simplificar as contas vamos considerar que 1 embalagem de fraldas tem 80 fraldas descartáveis, e que 1 embalagem de toalhitas tem 70 toalhitas descartáveis. Após 2,5 anos, são utilizadas 67,5 embalagens de plástico de fraldas + 312 embalagens de plástico de toalhitas, perfazendo um total de 379,5 embalagens.

Se ainda não ficaram espantados com estes números, vamos ponderar o cenário onde existe mais do que um bebé, que é o nosso caso. Nós temos dois bebés, a Sofia e o Tiago, mas vamos fazer as contas para até 3 bebés. Estão preparados?

Portanto, três bebés podem utilizar cerca de 16.425 fraldas descartáveis, correspondendo a 202.5 embalagens de plástico, e cerca de 65.700 toalhitas descartáveis, correspondendo a 936 embalagens de plástico.

De acordo com os dados mais recentes da plataforma Pordata, em 2020 nasceram em Portugal 84.426 bebés (1). Já imaginaram a quantidade de descartáveis que estes bebés podem utilizar?

A nossa Sofia aos 3 meses com uma fralda reutilizável tudo-em-um.
A nossa Sofia aos 3 meses com uma fralda reutilizável tudo-em-um.

Queremos com este artigo que fiquem a par dos números, e partilhar a nossa experiência positiva com a utilização das fraldas reutilizáveis. É um tema a que voltaremos em breve, de certeza!